sábado, 30 de janeiro de 2010

Dilma sobe na Pesquisa Eleitoral do Vox Populi.

Segundo o instituto Vox Populi, a pré-candidata Dilma Roussef, subiu 09 pontos percentuais em relação a pesquisa anterior do final de 2009 e Serra estacionou aonde estava no mesmo patamar de 34%, enquanto Dilma agora aparace com 27% das intenções de voto e ainda tem muita gente indecisa, nessa última pesquisa o trabalho de Lula para promover Dilma e os palanques estaduais começam a surtir efeito e agora fica aquela expectativa para os próximos meses.

Contudo de agora em diante as siglas partidárias irão confirmar oficialmente os nomes que irão concorrer em outubro, consolidar as alianças políticas e um detalhe importantíssimo é o tal vice, esse persona non grata, que nos últimos tempo sempre acabou entrando em jogo, conforme é o caso de José Sarney (vice de Tancredo) e Itamar Franco (vice de Fernando Collor de Melo). A corrida presidencial começa a esquentar!!!

A estratégia do PSDB já começa a aparecer nos e-mails, estão focando o fato de Dilma ser uma ex-guerrilheira, mas todo mundo esquece que uma Ditadura militar, o pessoal da caserna, assume as rédeas do negócio e quem se opor pode ser preso, torturado e morto sem julgamentos de uma maneira terrível e as guerrilhas eram uma forma de resistência, mas os nossos amigos burgueses acham isso horrível.

Na ditadura muita gente foi preso injustamente, corpos estão desaparecidos até hoje, mulheres foran violadas e pessoas tem pesadelos horrendos em pleno século XXI, tantos anos após o término deste período nefasto da História do Brasil. Um outro detalhe, a maioria maciça desses militares que estão na ativa não tem nada a ver com aquele passado, tirando os oficiais-generais, como General (Exército), Brigadeiro (Aeronáutica) e Almirante (Marinha), esses senhores é quem tem idade para ter vivido esse período, os mais jovens, não.

Eu tenho realizado pesquisas sobre o Governo FHC e Mídia, estou pleiteando fazer mestrado em História e ao remexer o passado e estudar bibliografia específica sobre mídia, política e economia, cada vez mais tenho descoberto que o governo FHC, não foi essa Maravilha toda, Não!!!

Na verdade por muito pouco o Plano Real, não naufragou, a vizinha Argentina faliu entre 1998 e 1999, em 1997 a crise na Rússia e em 1998 na Ásia e mais algumas medidas equivocadas dos Tucanos quase botaram o país a perder, mas a Mídia escondeu tais fatos, ou noticiou de uma maneira muito discreta, muito branda mesmo, no intuito de atenuar as coisas daquele governo.

No setor elétrico tivemos racionamento de energia elétrica, a indústria diminuiu a sua produção em 09%, privatizações neste setor levaram o país a uma situação difícil. No governo Lula tivemos uma apagão de 04h que foi rapidamente solucionado, a indústria está a 1.000Km e o governo investiu pesado, poderia ter investido muito mais, mas pelo menos não deixaram o país ter que racionar energia.

Essa disputa presidencial será dura, agressiva ao extremo e esta oposição irá levantar questões de Foro íntimo, aspectos familiares, coisas pessoais para desmoralizar as pessoas, coisas que vão muito além do político. Tudo isso porque apostavam que depois de 04 anos do governo Lula, voltariam ao poder nos braços do povo. Mas na verdade se bobearem, terão que engolir 03 mandatos seguidos do PT, isso para a oposição PSDB/DEM será o mesmo que a morte. Mas podem escrever eles vão fazer de tudo para não perder a eleição vão envolver pai, mãe, pecados da terceira e quarta geração passada para tentar comprometer os petistas.

E por fim se voce tiver acesso aos números do Governo FHC e do Governo Lula, é uma Surra de Laço, é uma diferença gigantesca, o Brasil cresceu muito mais e conquistou respeito internacional na América latina e em todo o mundo.

2 comentários:

Gabriel F. Moreira disse...

Oi Fábio.
Poderias me enviar um arquivo com os números comparando os dois governos?
Abraço!

edpaegle disse...

Fabio,acho que deveríamos pensar a eleição presidencial além da bipolarização PT/ PSDB. Tanto PT quanto os tucanos tem um DNA paulista, o PSDB busca um ar de moderno,ligado ao mercado financeiro e os interesses da Av.Pauista, sendo uma racha do PMDB a partir de políticos paulistas (Serra,Covas, Montoro e FHC), o PT naceu também em Sampa, juntando a ala progressista da teologia da libertação da igreja católica, os sindicatos (sobretudo do ABC) trazendo Lula, menos a idéia de conflito de classes, mas atualmente como conciliador de classes. O DEM é uma espécie de "capitania hereditária" composto pelos caciques e oligarquias familiares, como "Bornhausen,Magalhães, etc...) que trabalharam a favor da ditadura e um racha do atual PP (ex-ARENA). PSTU e PSOL estão mais à esquerda do PT e são rachas desses também. O PDT sofre do resquício e do vácuo da liderança brizolista. E o PMDB, é um típico partido de caciques sem grandes lideranças nacionais,nunca se definindon se é oposição ou situação, o que se quer são os cargos dos ministérios. Trabalho como um pêndulo, ora "namorando" com o PT, ora com os tucanos. De fato perderam o "trem da história" com o fim da ditadura militar.

Abraços, Eduardo