sexta-feira, 11 de setembro de 2009

BASQUETE - BRASIL CAMPEÃO DA COPA AMÉRICA - 2009

No último domingo dia 06/09/2009, a seleção brasileira de basquete sagrou-se campeã da Copa América de Basquete, sediada na América Central, em Puerto Rico. Nesta ocasião o selecionado brasileiro teve uma campanha brilhante e na final, venceu os donos da casa numa partida sensacional por 61 x 60.

É o começo da redenção deste esporte tão querido e empolgante e que atrai a paixão de milhares de brasileiros que inclusive, muita gente acompanha e torce pelos times da NBA e de quebra estão de olho nos brazucas que atuam nos Estados Unidos.

Neste ano de 2009 tivemos o NBB (Novo Basquete Brasil), onde a organização do campeonato brasileiro de basquete saiu da mão dos cartolas e ficou nas mãos das equipes e o resultado foi excelente. Tirando que pelo fato de um ser um torcedor vascaíno apaixonado, vi a equipe do Flamengo sendo campeã contra o Brasília. Mas tudo bem ... o que importa é que tivemos uma competição bem disputada e o principal com bastante público e um nível técnico de primeira categoria que redundou no título da Copa América de 2009.

O técnico (espanhol) Moncho Monsalve, vem fazendo um trabalho com um nível bom na seleção brasileira, embora eu não ache justo ter um técnico estrangeiro dirigindo a seleção brasileira porque temos muitos treinadores que são nossos compatriotas que poderiam executar este mesmo trabalho com Excelencia. Isso sem falar que nos últimos anos a Espanha nos últimos anos vem causando "n" situações desagradáveis a brasileiros que tentam entrar na Península Ibérica legalmente e com a documentação em dia.

São brasileiros que vão participar de eventos na área de negócios e congressos acadêmicos e acabam barrados como se fosse marginais. Por isso na minha opinião não cabe termos um técnico espanhol aqui. Não é nenhum tipo de ação relacionada a Eugenia ou preconceito, mas apenas o princípio da reciprocidade porque as autoridades espanholas não dão um tratamento digno aos nossos irmãos brasileiros e com isso fica uma situação constrangedora termos um treinador ou qualquer outro tipo de profissional em destaque aqui, ainda mais tendo profissionais a altura dentro do próprio país.

Porém o mais importante é o nosso basquete que irá disputar o Mundial da Turquia e temos muita esperança também que os nossos jogadores possam alcançar uma vaga para as Olimpíadas de 2012 em Londres.

2 comentários:

edpaegle disse...

Só uma correção as Olimpíadas de Londres será em 2012 e não em 2010.

Guilherme Scalzilli disse...

Habemus basquete

A seleção masculina venceu a Copa América de Porto Rico jogando contra os fortes anfitriões, numa final que maltratou cardíacos (não há esporte emocionante como o basquete). Foi torneio quase impecável, com apenas uma derrota. Mostramos personalidade, competência defensiva, disciplina tática e, principalmente, vontade. Para quem acompanhou os fiascos da gestão Grego, esse destruidor do basquete brasileiro, parece um milagre.
O técnico espanhol Moncho Monsalve transformou um catado de bolas murchas num grupo coeso e vibrante, que pode (ainda) não estar à altura dos melhores do mundo, mas pelo menos já procura jogar tudo que sabe. Moncho provou que o péssimo nível de nosso basquete era provocado por incompetência dos dirigentes e das equipes técnicas, não pela inaptidão congênita do brasileiro para o esporte, como querem alguns imbecis colonizados.
Cabe a imprensa e torcedores pressionar a nova direção da CBB para que Moncho continue no comando da seleção, com liberdade para continuar esse processo de modernização. Um bom resultado no Mundial da Turquia (2010) é imprescindível para coroar a ressurreição de nosso basquete.